11 destinos incomuns para visitar na América do Sul

0
45

 

 

Com a nossa lista de 11 destinos incomuns para visitar na América do Sul, você poderá viver experiências diferenciadas sem gastar muito.

 

Nessa lista você encontra opções que incluem um parque arqueológico, uma montanha com 7 cores, uma praia badalada que não é brasileira, entre outros.

 

Tem opções de destinos para todos os gostos, então que tal começar a preparar a sua mala agora mesmo?

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Chile

Cavernas de Mármore no Chile é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: CARRETERA AUSTRAL DE MOTOCICLETA

1. Cavernas de Mármore – Complexas e Surreais

Sabe aqueles cenários de filmes que pensamos que não podem existir na vida real?

Lugares como as Cavernas de Mármore de – Puerto Río Tranquilo – provam que existem sim.

Essas complexas e intrincadas cavernas remontam a era glacial, são compostas por combinações rochosas com uma mescla de cores que criam verdadeiras ilusões de ótica.

O desenho das formas das cavernas foram feitas pelo movimento das ondas, dentro delas estão inúmeras subdivisões em galerias que surgiram naturalmente.

A visita a esse destino deve ser feito num dia de sol para que o efeito possa ser visto.

Para chegar até lá, o turista deve pegar um barco em Puerto Rio Tranquilo.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Uruguai

Valizas no Uruguai é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Uruguai

2. Valizas – Turismo com Foco nas Pessoas

Uma característica do litoral uruguaio é ter a água muito gelada, sendo assim os atrativos para as cidades litorâneas ficam por conta de outros motivos.

Conhecer a pequena Valizas pode ser interessante para aqueles que gostam da ideia de fazer turismo cultural.

Durante a temporada de verão a cidade fica repleta de atores de teatro que se apresentam pela rua, viajantes de diferentes países que estão de passagem e artesãos.

A praia de Valizas é de uma beleza única, com destaque para o rio que deságua no mar e a presença de dunas.

Para chegar a Valizas, você pode pegar um ônibus em Montevidéu.

Além disso, essa cidade fica bem próxima a Cabo Polônio que possui uma maravilhosa reserva natural que também conta com dunas.

Aliás, os turistas podem fazer um passeio sensacional pelas dunas com duração de 4 horas a pé.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Colômbia

Parque Nacional Arqueológico de Tierradentro na Colômbia é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Museo Digital

3. Parque Nacional Arqueológico de Tierradentro – Tumbas com vista para a Cordilheira dos Andes

Esse destino incomum é perfeito para quem tem disposição e gosta de estudar arqueologia.

Bem, provavelmente você nunca ouviu falar nesse parque, está situado próximo a cidade colombiana de Inza.

Isso se deve ao fato de ser precário o transporte que leva até ele, mas saiba que o sofrimento vale a pena.

Trata-se de um verdadeiro museu a céu aberto em que se pode saber mais sobre os povos que viviam na América do Sul há séculos.

O melhor fica por conta das tumbas que tem vista para a magnífica Cordilheira dos Andes.

Até pirâmides você verá nesse parque, para ter certeza que viu tudo, aproveite que tem espaço para camping e fique dois dias.

O parque tem lindas paisagens, vale muito o passeio.

 

4. Caño Cristales – Águas Coloridas Naturalmente

Caño Cristales na Colômbia é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: YouTube

Já imaginou um lugar em que a água é naturalmente colorida?

Então, pare de imaginar e conheça Caño Cristales, fica situado na Serra La Macarena, na Colômbia.

A água que pode apresentar tonalidades de vermelho, rosa, verde e amarelo, é colorida pela presença de plantas e algas especiais em seu fundo.

O período de alta temporada é entre os meses de junho e dezembro.

Mas, já avisamos, chegar a esse destino não é uma tarefa simples.

Você poderá ir para Caño Cristales, de barco através do rio Guayabero ou então de carro que tenha tração 4×4.

Escolhendo a segunda opção, será necessário seguir um trecho de balsa para passar pelo rio.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Equador

Montañita no Equador é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Viajar é (um) barato!

5. Montañita – Praia Badalada

Quando se fala em praia badalada na América do Sul, você pensa no Brasil?

É justo que nosso país tenha essa fama, mas não é só por aqui que as praias são boas.

O Equador é um bom país para fazer turismo devido aos baixos custos de vida, nosso dinheiro rende bastante por lá.

Uma dica para quem escolher esse país para visitar, é a praia de Montañita.

Além de linda, essa praia tem ondas perfeitas para quem deseja surfar.

Por ser um destino turístico, conta com ótima infraestrutura de hospedagem, de bares e restaurantes.

Embora seja uma praia com estilo hippie durante o dia, a noite se transforma numa verdadeira balada eletrônica.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Venezuela

Mérida na Venezuela é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Gigantes do Mundo

6. Mérida – Aventura na Venezuela

Deixe de lado a situação política da Venezuela, pois, a bela cidade de Mérida tem espírito jovem por ser uma cidade universitária e muita aventura para oferecer.

Essa cidade se tornou conhecida por ter o teleférico mais alto do mundo, ele te leva até o Pico del Espejo que, é também um dos pontos mais altos do país.

Aproveite a visão panorâmica que você terá da cidade.

Mas, Mérida não para de surpreender por aí, oferecendo também ecoturismo com atividades como caminhadas, escaladas e trilhas.

E que tal ainda conhecer o Lago Maracaibo?

É um dos destinos mais procurados da Venezuela.

Essa é uma viagem para turistas que gostam de aventura.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Paraguai

Museu da Conmebol no Paraguai é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Conmebol

7. Museu da Conmebol – O Museu dos Apaixonados por Futebol

Se você pensa que o Paraguai é um país que oferece somente compras como opção de turismo, saiba que está enganado.

Quem gosta de futebol, precisa conhecer o Museu da Conmebol que fica situado na cidade de Luque.

Nesse museu você poderá ver de perto troféus de diferentes campeonatos sul-americanos, além de réplicas de taças da Copa do Mundo e uma galeria com relíquias de valor inestimável do futebol.

O melhor, é que você pode ir direto do aeroporto Silvio Petirossi, o principal do país, e que fica ao lado do museu.

Um lugar legal para passar, mesmo que você esteja indo ao Paraguai para fazer compras.

Nosso país vizinho tem boas alternativas para deixar a sua viagem ainda mais completa.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Argentina

Cerro de los Siete Colores na Argentina é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Luís Giffoni

8. Cerro de los Siete Colores – A Montanha de 7 Cores

Um dos destinos pouco conhecidos da Argentina que merece uma visita é o Cerro de los Siete Colores, fica situado perto do povoado de Purmamarca.

O motivo pelo qual a montanha é composta por faixas de diferentes cores, é o grande atrativo para o local.

Cada faixa dessa montanha é formada de um material diferente, contando a história geológica do nosso planeta.

Para se ter uma ideia, a montanha conta com uma faixa de calcário, arenito, minerais, resíduos fluviais, marinhos, entre outros.

Embora nessa região você encontre várias montanhas com essa variação de cor, essa em especial, oferece uma visão mais clara das divisões de materiais.

Uma viagem interessante para quem deseja descanso e tranquilidade.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Peru

Cerro Colorado no Peru é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Willka Travel

9. Cerro Colorado – Montanhas que Parecem Coloridas com Lápis de Cor

Na mesma linha do Cerro de los Siete Colores argentino, temos o Cerro Colorado que fica no Peru.

A distância entre os dois destinos é de 1.600 km de carro.

Porém, o mais comum é visitar essa região a partir de pacotes turísticos que tem partida da cidade de Cuzco no Peru.

O fenômeno é o mesmo que o citado no destino argentino, mas a definição entre uma faixa e outra é maior.

Ao chegar ao local você terá a impressão de que as montanhas foram coloridas por lápis de cor pela precisão das faixas.

Porém, se prepare, esse lugar é de difícil acesso, a cidade mais próxima é Arequipa.

A altitude em que está a montanha é de 4 mil metros tornando a escalada complicada para quem não tem bom preparo físico.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Bolívia

Sucre na Bolívia é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Roteiro Viagem de Mochileiros

10. Sucre – Cidade que Combina Arquitetura Colonial e Juventude

Na cidade de Sucre o turista terá acesso a uma ampla gama de influências culturais bem como opções de diversão.

Essa cidade que fica próxima as minas de Potossí (um dos destinos bolivianos mais visitados) combina a herança europeia por meio de prédios em estilo colonial preservados com as tradições indígenas.

Os contrapontos não param por aí, pois a cidade que foi fundada em 1540 e preserva muitos prédios históricos da época é também uma cidade universitária.

Tendo uma ampla população jovem, Sucre, conta com uma vida noturna intensa com bares e restaurantes.

Um destino de viagem para quem não sabe bem o que deseja, tenha tudo ao mesmo tempo.

 

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Brasil

Monte Roraima no Brasil é um dos destinos incomuns para visitar na América do Sul
Fonte: Viagem com Sabor

11. Monte Roraima – Sinta-se no Topo do Mundo

O Monte Roraima, ficou conhecido por ser um cenário constante da novela “Império” da Rede Globo, contudo, ainda é um destino pouco explorado mesmo pelos brasileiros.

Esse monte deu o nome para o estado de Roraima por ser o mais alto do local, com imponentes 2.810 metros de altura.

A delimitação desse monte é feito por falésias com 400 metros de altura.

Para fazer a escalada da montanha é necessário cruzar a fronteira para a Venezuela, onde fica o lado mais seguro.

Não se engane, a escalada desse monte leva entre 6 e 8 dias e demandará muito esforço para passar por áreas de savana, rios e até mesmo uma bela cachoeira.

Um tipo de destino incomum que é indicado para quem deseja maior contato com a natureza.

 

 

fonte; bolsa de viagem